Num ano em que os abraços estão afastados, Jesus continua de braços abertos.

Enquanto nossos braços se encolhem, porque a pandemia nos impede de estendê-los àqueles que amamos, Jesus hoje continua de braços abertos a você.

Até mesmo quando Jesus morreu cravado naquela cruz, Ele estava de braços abertos. Mas hoje a cruz está vazia, Jesus está vivo e abre os braços para abraçar você. Ele nunca esteve afastado e em isolamento, não teme a pandemia, nem a doença, nem mesmo a morte, pois está acima de todo esse mal que estamos vivendo.

Abrace a Jesus Cristo e será curado, não sei se das doenças do corpo, embora ele também possa curá-las, mas se hoje se você tiver coragem de abrir os braços a Ele, o abraço de Jesus curará a sua eternidade!  

Abraçar Jesus é abraçar a sua salvação, a sua liberdade. Haverá cura da sua própria morte quando seu corpo for restaurado em cristo no céu no céu. Você será curado do poder das trevas e terá seus olhos e ouvidos abertos. Verá suas cadeias se quebrarem, as forças do mal se curvarem ao nome poderoso de Jesus Cristo e até mesmo aqui na terra você experimentará uma paz que nunca teve e uma alegria incomparável com qualquer outra que sentiu. Se hoje abraçar a Jesus até as coisas ao seu redor, mesmo que duras e difíceis vão cooperar para o seu bem. Você será eterno com Jesus Cristo e é impossível descrever em palavras as maravilhas que já estão guardadas ao seu futuro.

Você tem uma eternidade adiante, mas a sua frente está Jesus de braços abertos. É um abraço tão afetuoso, amoroso que nunca ninguém teve por você, um abraço irresistível, infalível e está agora te convidando para abraçá-lo.

Num ano em que os abraços precisam estar afastados de você, bem próximo, ao seu lado está Jesus com os braços abertos. Quer abraçá-lo agora?

Atos 4:12– E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.


Você também pode gostar de...